Museus do Rio de Janeiro fecham novamente

Uma nota conjunta foi assinada pelos diretores de três museus e publicada nas redes sociais

Diante do agravamento da pandemia de covid-19 no Estado, o Museu de Arte do Rio (MAR), o Museu do Amanhã e o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), todos na capital fluminense, decidiram fechar as portas por três semanas desde ontem (22).

“Como instituições culturais com responsabilidade pública e social, que prezam o conhecimento, a ciência e a vida, não podemos nos omitir de tomar as decisões que nos parecem corretas e necessárias neste grave momento da história do país”, diz a nota divulgada no último dia 20.

O documento foi assinado pelo diretor e chefe da Representação da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) no Brasil, gestora do Museu de Arte do Rio, Raphael Callou, pelo diretor executivo do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Fabio Szwarcwald, e pelo diretor presidente do Museu do Amanhã, Ricardo Piquet.

Os museus citam “uma vertiginosa escalada do número de casos da doença nos últimos dias” e “o iminente colapso” dos sistemas de saúde público e privado, enquanto “a imunização segue ao ritmo de conta-gotas, pela conhecida escassez nacional de vacinas”. “O momento exige coragem e bom senso”, afirma o texto.

Fonte: Valor Econômico

Este foi um dos museus fechados por conta da pandemia. Um grande espelho d'água com a estrutura do Museu do Amanhã ao fundo.
Museu do Amanhã, um dos três museus fechados no RJ (Fonte: G1)

Quer conhecer museus sem sair de casa? O Culture Travel leva você. Baixe nosso app!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: