Museu do Futebol lança exposição virtual

Mostra online homenageia os 50 anos da Copa de 1970, que trouxe o tricampeonato para o Brasil e fez crescer a imagem do futebol brasileiro para o Mundo.

Ao visitar a exposição “Memórias da Copa de 1970: como o México abraçou o Brasil”, você poderá conhecer a história da ligação imediata da torcida mexicana com a Seleção Brasileira.

Foi essa simpatia que garantiu apoio massivo nas arquibancadas do Estádio Jalisco, em Guadalajara, em toda a campanha que levou o Brasil à final contra a Itália, na Cidade do México.

Além disso, é possível conhecer a história de vários mexicanos que nasceram no começo dos anos 1970 e foram batizados com nomes dos craques brasileiros, como Edson, Carlos Alberto, Rivelino e Jairzinho.

São apresentados também, depoimentos de jogadores da Seleção sobre a receptividade dos mexicanos.

Outra exposição conta viagem de torcedores num fusca

Outra mostra que merece destaque é: “Rumo à Copa de 1970 – de São Paulo ao México a bordo de um fusquinha”.

Nela, o Museu do Futebol conta a viagem dos amigos paulistas Ivan Charoux e Fael Sawaya com um Fusca 1962 rumo ao pais sede do Mundial.

No caminho, eles acabam cruzando com momentos marcantes da história da América Latina, como quando presenciaram um tiroteio na fronteira entre Honduras e El Salvador, ecos de um conflito ocorrido meses antes que ficou conhecido como “A Guerra do Futebol”, por exemplo.

Saiba mais sobre a exposição no site do Museu do Futebol

Através do aplicativo do Culture Travel você pode conhecer ou relembrar essa e outras histórias sobre o esporte mais amado do Brasil.

Imagem do capitão da seleção brasileira da década de 70, Carlos Aberto Torres, levantando a taça do Tri Mundial, cercado pela torcida na arquibancada do estádio. Foto que faz parte da Exposição virtual do Museu do Futebol.
Carlos Alberto Torres (Fonte: AP)

Ficha técnica:

Curadoria e textos
Ademir Takara, Camila Aderaldo

Pesquisa e metadados
Ligia Dona, Dóris Régis

Colaboração
Daniel Magnanelli, Diego Sales, Jamil Hussein Jaber Neto, Leandro Watanabe, Marcus Ecclissi

Montagem
Camila Aderaldo

Revisão
Daniela Alfonsi

Tradução
Camila Aderaldo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: